Star Wars: Legends of The Force
 
InícioPortalCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Antes de se registrar, leia as regras!

Compartilhe | 
 

 Florestas de Endor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Florestas de Endor   Ter Ago 29, 2017 1:02 pm


A lua era coberta de florestas densas, altas montanhas e savanas e abrigava as espécies Ewok, Dulok e Yuzzum. A atmosfera é respirável para humanos e a superfície é feita de 8% de água.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Ter Ago 29, 2017 1:29 pm

A essa altura do campeonato, Stark, o cavaleiro que lutou nas Guerras Clônicas, era conhecido entre as pequenas vilas próximas (de Ewoks) como um coitado que vivia enfurnado em uma caverna ali perto. Algo próximo de um louco - mas ainda não havia perdido a sanidade. Vivia à base do que caçava ou pescava nos arredores; a caverna onde vivia era mais ou menos perto de um rio. Sua barba estava relativamente grande, assim como seu cabelo - ele tinha uma lâmina para cortá-los, mas viver tanto tempo em exílio significa acabar não se preocupando muito com a estética.

A Força era sua única companheira nesses anos, desde a Ordem 66, e havia se tornado bem mais poderoso do que era há 20 anos atrás, pois meditava muito mais e praticava seus poderes muito mais - em contrapartida de como era nos tempos de missões, pois o Jedi sempre fora muito mais de usar o sabre do que a Força. A situação muda, os métodos necessariamente mudam junto.

Estava chovendo naquele dia, tudo muito escuro, e Stark estava sentado no chão do interior de sua caverna, na frente de uma fogueira. Já havia comido, mas fazia reservas de suprimentos; peixes tratados eram vistos pendurados por cordas para consumo posterior, e alguns sacos de pano continham algumas frutas. Um pouco de lenha era vista coberta por lonas em um canto.

Utensílios tecnológicos mais básicos (como aquecedores) passavam longe dali, com certeza não era algo que encontrasse com os mercadores que passavam por Endor; além do que, já não tinha créditos para comprar esse tipo de coisa há muito tempo e sua moeda de troca com os mercadores era parecida com a dos Ewoks - peles de animais, pedras preciosas e outras raridades que se encontravam naquela lua, desde que você vivesse tempo o suficiente em meio ao selvagem para encontrá-las.

Estava um pouco sonolento. Não pensava em nada na maior parte do dia. Após todos esses anos, as memórias da guerra (até mesmo as piores) se tornavam longínquas e saturadas. Se encostou, quase pegando no sono, na parede da caverna. Mal ele sabia que algo de muito diferente estava para acontecer naquele dia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qua Ago 30, 2017 9:23 am

Após aterrizar em uma clareira, Thimo se certifica de que não há nenhuma ameça no local¹, feito isso ele segue rumo ao local aonde sentira a presença de um velho conhecido. Chovia muito, mas felizmente a antiga amadura jedi (conforme o avatar) que utilizou durante a clone wars ajudava-o a não se ensopar. Depois de andar por alguns minutos, driblando vários arbustos, avistou o que seria uma minuscula caverna. A presença na qual ele se empenhou a encontrar estava perto. A essa altura ele já sabia que ele não deixaria de notar sua aproximação. Então ao entrar na caverna e contemplar a figura sentada e comendo calmamente sua refeição, ele encosta-se na parece e fica, por um minuto em completo silêncio, para em seguida falar-lhe.

- Gostei daqui. É bem tranquilo...doce solidão! Muito melhor do que aquela agitação lá fora.

Antes que ele pudesse falar algo, ele faz-lhe uma pergunta retórica.

- Você sabe porque estou aqui?

1- Radar sense.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CENÁRIO VIVO

avatar

Mensagens : 13
Data de Inscrição : 31/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qui Ago 31, 2017 4:41 pm

Thimo está desde o final da Batalha de Endor com uma voz em sua mente que dizia:

- ACHE-OS, SOMENTE JUNTOS CONSEGUIRÃO TRAZER O VERDADEIRO EQUILÍBRIO... ACHE-OS

Ja Stark, recentemente em sua solidão na caverna, também ouve uma voz que dizia:

- ESTÁ NA HORA DE RETORNAR, O EXÍLIO CHEGOU AO FIM... A FORÇA DESPERTOU!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sex Set 01, 2017 3:10 pm

Como já dito, Stark estava recostado na parede da caverna, muito sonolento, quase dormindo. Aquele dia de chuva era perfeito para dormir. De certo que não estava atento às oscilações da Força e não sentiu a chegada do Mestre Jedi que não via há bem uns 20 anos. O Cavaleiro não notou quando Thimo entrou na caverna e também se encostou na parede. Quando o outro começou a falar, Stark tomou um susto - ficou de pé num pulo e ativou seu lightsaber, olhando para o outro, muito confuso; isso em 1 segundo. Ainda um pouco confuso, desativou o sabre quando percebeu de quem se tratava.

[Stark] Mestre Vzhul?... Não, é claro que eu não sei porque está aqui. Sequer sabia que estava vivo. Você fala como se nos víssemos toda semana... já faz 19 anos. Como me encontrou?

Foi aí que escutou a voz que ecoava na sua cabeça, dizendo "Está na hora de retornar, o exílio chegou ao fim... A Força despertou!". Retornar para onde?... Em poucos segundos, aquele já estava sendo um dia muito esquisito, muito diferente, e ele ainda estava bem confuso. Do que aquilo tudo se tratava? Acabara de saber que ele não era o único Jedi na galáxia. Ele não estava nada por dentro da "Rebelião", não tinha ideia do que acontecera- só estava exilado porque, é claro, ele não podia lutar sozinho contra um Império que queria a sua cabeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sab Set 02, 2017 3:46 pm

*Thimo sentia-se um tanto incomodado com formalismos, não era o mais ortodoxo dentre os Jedi, diversas vezes em segredo estudou com outros usuários da Força que, durante suas viagens encontrava. Não se comparavam em conhecimento com os Jedi, é claro, mas em se tratando de conhecimentos, sempre tinham algo diferente para compartilhar. Ele nota a surpresa de Stark, mas não altera nem seu tom de voz ou sua maneira de agir, sabia que por mais recluso que ele estivesse, sua sanidade ainda estava no lugar. *

- Só Thimo, meu amigo...lembre-se que somos iguais em hierarquia. *Por um momento ele sorri pensando alto* - Que hiearquia!? Pela Força! O que estou falando, já não há mais Ordem Jedi sobre a galáxia. *Voltando sua atenção a Stark, continua.* - O caso é que desde muito tempo, uma estranha voz tem incomodado e tem me dado pistas, por assim dizer, as quais tive o interesse de seguir. E cá estou. Não sabia em que isso ia me levar, mas tomei todo o cuidado para não ser algum tipo de armadilha do Lado Sombrio.
*Thimo faz uma breve pausa e continua.*
- Que bom que está vivo. Não vou perguntar o que tem feito durante todo esse tempo pois, tenho certeza de que será uma longa história. Mas o fato é que acho que a voz não objetivava somente o lhe encontrar. Acho que ainda resta algo a mais...

*Thimo continua encostado a parede e de braços cruzados, estava bastante pensativo como alguém que tentava desvendar um mistério.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CENÁRIO VIVO

avatar

Mensagens : 13
Data de Inscrição : 31/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sab Set 02, 2017 5:00 pm

A vinda de Thimo à Endor, chama atenção de 07 Ewooks ali perto, e com suas pequenas lanças, vão até a caverna e 03 apontam para o Jedi ali em pé enquanto outros 04 se aproximam de Stark, como se quisessem defende-lo do Jedi a sua frente.
Aparentemente os Ewooks e Stark ja se conheciam, talvez a caverna era dos Ewooks antes de Stark ocupa-la, e eles entendiam que Thimo era uma ameaça ao amigo deles, então o defendiam!

Um dos Ewooks sussurra algo em sua lingua primitiva para Stark, e os demais tentam espetar Thimo com suas pequenas lanças
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Dom Set 03, 2017 2:38 pm

Stark escutou os passinhos e os cochichos dos Ewoks se aproximando. Devia ter previsto que aquilo aconteceria - os nativos demoraram a ganhar confiança nele, mas hoje eram próximos do Jedi. Traziam até mantimentos de vez em quando, e como mantinham sempre um sentinela de olho por aquelas bandas, não tardaram a ir checar a movimentação com a chegada de uma nave e um novo humano. É claro, Stark acalmou os pequeninos.

[Stark] Calma, pessoal! - Andou devagar em direção a Thimo, e fez gestos apontando para o Jedi para que os Ewoks entendessem o seu nome. - O nome dele é Thimo... - Então apontou para si mesmo, querendo dizer que o outro Jedi era seu amigo. - E ele é meu amigo. Sem problema!... Abaixem as lanças, ok?

Claro que aqueles pedaços de graveto não poderiam machucar Thimo, mas menos viável ainda é que os nativos ficassem hostis em relação ao Jedi e o clima ficasse chato. No meio de tudo isso, estava pensando sobre o que Thimo falou. Também refletia que seja lá o que fossem aquelas vozes, ainda havia muito mais para encontrar. Mas o que? Quem?... E Thimo devia estar ficando biruta. Mesmo que ainda houvesse hierarquia, eles não seriam iguais. Ao contrário de Vzhul, Stark era Cavaleiro, jamais havia sido consagrado Mestre.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Seg Set 04, 2017 8:28 am

*Ao observar aqueles pequeninos, Thimo permaneceu quieto e olhando para o teto, pensativo. Conhecia bem a cultura dos Ewoks dos muitos estudos que fizera acerca das principais raças da galáxia. Notanto a tentativa de Stark em apaziguar a situação, Vzhul percebe que, mesmo com seu amigo Jedi lhe fazendo apologia ante aos Ewoks, ele precisaria ganhar ainda mais a confiança dos ursinhos. Do contrário, não os deixariam em paz para conversar. Ajoelhando-se devagar enquanto fitava um dos mais usados entre eles, Thimo saca de seu cinto alguns restos de cristais de sabre de luz de tonalidade azul e verde, suas cores preferidas, e enquanto estende a mão com um punhado daqueles mesmos cristais, oferecendo ao peludo, em "ewokese" arrisca algumas palavras:*

[Lingua ewok] - Pegue...cristal bonito...presente, seu.

*Dito isso ele coloca os cristais no chão, próximos a eles e aguarda sua aceitação. Virando o rosto para Stark, ainda ajoelhado, fala:*

- Aprendi a falar a língua deles há muito tempo, estou um pouco enferrujado pois faz anos que não vejo um Ewok.

*Uma coisa que Stark talvez não soubesse é que Thimo Vzhul, em suas horas vagas na ordem jedi, aprendia tudo o que podia acerca de história, cultura e principalmente idiomas de diversas espécies da galáxia. Habito este que se estendeu até aos dias de hoje. *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CENÁRIO VIVO

avatar

Mensagens : 13
Data de Inscrição : 31/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Seg Set 04, 2017 9:57 am

Os Ewooks a principio atendem o pedido de Stark e baixam as lanças, e o que estava próximo à Thimo, receoso se aproxima do cristal presenteado por Thimo e guarda, seguido por um abraço Ewook, sinal de aceitação.

A Rebelião tinha estabelecido uma base em Endor após a vitória contra a Estrela da Morte, agora como base da NOVA REPÚBLICA, e C3PO e R2D2 estavam la auxiliando. Foi nesse momento que ambos se aproximam da caverna. R2 começa a soar varios bips com o qual C3PO prontamente traduz.

- Saudações, eu sou C3PO, programado para etiqueta e protocolo. Meu amigo aqui, R2D2 identificou o sinal dos senhores, e a Nova República nos enviou para que os forasteiros possam justificar vossas presenças no planeta.

Foi nesse momento que C3PO ve os cristais kyber de Thimo e um sabre de luz em seu cinto

- ÓHH!!! UM JEDI!! O General ficará feliz por conhecer um Jedi. Após a morte do Mestre Luke, ele começou a achar que os Jedi foram completamente extintos!! ÓH CÉUS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Ter Set 05, 2017 1:39 pm

Ainda bem que os Ewoks foram pacíficos e aceitaram o presente de Thimo, que sabia falar coisa ou outra em ewokese. Em 20 anos de convivência com os Ewoks, Stark também sabia falar uma frase ou outra, mas era uma língua deveras complicada. Resolvida a situação com os nativos, o Cavaleiro Jedi percebeu a aproximação dos droides. Estranhou o fato, é claro, e ainda mais o que eles alegaram.

[Stark (para os droides)] A Nova República manda um droide de protocolo e um droide astromecânico para averiguar forasteiros?... A coisa tá feia. Bom, meu nome é Jarven Stark, eu sou um Cavaleiro Jedi e estou exilado em Endor desde a Ordem 66. Esse é Thimo Vzhul, Mestre Jedi.

Fez uma pausa.

[Stark (ainda para os droides)] Quem é o General de vocês?

Esperou uma reação de Thimo. O que eles deveriam fazer? Ir falar com este General?... Afinal, o que deveriam fazer em relação às vozes que haviam escutado? Que missão estava pela frente?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Ter Set 05, 2017 2:08 pm

*Thimo terminara de se afeiçoar aos nativos e logo percebera a aproximação dos droids. Observou-os enquanto lhes falava e prestou bastante atenção no ambiente¹ para o caso daquilo não se tratar de alguma armadilha. Ergueu-se, e quanto limpava suas pernas da poeira do chão, Stark falava com os recém chegados. Tendo ouvido tudo ele fala:*

- Digam-me...esse general de que falam, ele está aqui em Endor? Qual é o plano dele agora que toda a rebelião acabou e a nova república foi estabelecida?

*Thimo aguardava a resposta dos droids, logo depois de se certificar que estavam desacompanhados de qualquer indivíduo.*

1-Radar Sense.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CENÁRIO VIVO

avatar

Mensagens : 13
Data de Inscrição : 31/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Ter Set 05, 2017 5:21 pm

C3PO responde aos 02 prontamente

- General Madine, Senhores! R2D2 rastreou os senhores e o General pede sua presença

Os Jedi vão até a base da Nova República estabelecida em Endor, e la encontram Crix Madine

- General, aqui estão os nossos convidados... Eles são Jedi, Senhor - Diz C3PO

General Madine então faz um sinal de reverência aos Jedi presentes

- É uma honra conhece-los, Mestres Jedi, me perguntava se os Jedi estavam mesmo extintos após a morte de Luke Skywalker... Sentem-se, aqui são bem vindos!!! Poderiam matar-me uma curiosidade? O que fazem em Endor?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qua Set 06, 2017 3:15 pm

Stark foi calado ao longo de todo o caminho até a Base. O dia estava esquisito o suficiente e ele não estava acostumado com mudanças de rotina há 19 anos. Enquanto andavam, ele não estranhava a paisagem, já que em todo esse tempo exilado naquelas florestas, o Jedi a conhecia como a palma de sua mão. Havia deixado na sua caverna apenas os suprimentos que com certeza não mais precisaria (como lenha e alimentos) - mas sempre mantivera consigo os seus pertences desde a época da Ordem Jedi - tinha ainda o seu comlink e seu acqua breather.

A Base em Endor ainda era jovem (como base da NR) e algumas coisas ainda estavam em construção. A questão é que aquela era uma antiga base imperial tomada pela Nova República, inclusive alguns AT-ST eram vistos andando num campo aberto do lado do prédio principal - os soldados republicanos ainda estavam aprendendo a mexer com aqueles equipamentos. Droides de protocolo e droides e analistas eram vistos perambulando pela base para reportar diversos tipos de dados aos militares no comando; algo muito necessário enquanto a base ainda era jovem e precisava ser organizada de acordo com as necessidades da Nova República. Alguns X-Wing se encontravam no hangar, que era anexado ao prédio principal.

Com certeza os Jedi receberam olhares enquanto chegavam ali. Alguns os reconheceram pelos sabres de luz e pelo jeito que se vestiam. Stark não estava, sinceramente, acostumado à presença de tantas pessoas. Nesses 19 anos, havia saído três ou quatro vezes para resolver ou procurar algumas coisas - era muito arriscado, por causa da perseguição imperial. Até onde sabia, seu nome ainda estava entre os Jedi procurados, já que ele resistiu e fugiu da Ordem 66. Ver tudo aquilo à sua volta, uma República restaurada, outro Jedi, o proporcionava uma felicidade real em seu íntimo - mas o que deixava transparecer era uma estranheza, visto que, como dito, estava também muito surpreso com aquilo tudo.

Ao chegar na sala do General Madine, o cumprimentou com uma reverência breve, e respondeu à sua pergunta.

[Stark] Eu estava exilado aqui em Endor desde a Ordem 66, General. Tudo isso, a Nova República, é uma novidade para mim.

Cruzou os braços, e escolheu ficar de pé. Desviou o olhar pra Thimo para prestar atenção na resposta que ele teria à pergunta de Crix Madine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Dom Set 10, 2017 3:38 pm

*Ao chegar na base, Thimo observa tudo e principalmente os seus anfitriões. Sabia que por mais que Stark estivesse enferrujado não era um tolo qualquer e estava analizando tudo também. Diante da pergunta do general e da resposta de Stark, Thimo responde de uma maneira resumida.*

- Estive isolado aprendendo mais da Força. Percebi que não poderiamos vencer Vader e o Imperador somente com estratégias de guerra, muito menos manter a paz em toda galáxia sem me aperfeiçoar mais. Nesse meio tempo conheci o Skywalker, bom rapaz. Seria um líder e tanto para todos nós se ainda estivesse conosco. Porém não o segui porque tive de combater uma tentativa do Império de emboscar os rebeldes em uma de suas bases.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Almirante da Nova República
Almirante da Nova República
avatar

Mensagens : 28
Data de Inscrição : 18/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Seg Set 11, 2017 8:13 pm

O general Madine os ouvia com paciência e um leve entusiasmo. Acompanhado pelos dois dróides, C-3PO e R2-D2, esboçou leves sorrisos após a explicação de ambos os jedi. Quando estava prestes a falar, um jovem oficial adentrou a sala. Meio receoso, foi lentamente até o general, e lhe sussurrou algo no ouvido. Madine, ao terminar de escutar o soldado, se virou para ele com um rosto surpreso e disse:

[Crix Madine]
– Aqui? Agora? Por que não fui avisado?

[Oficial] – Ninguém foi avisado senhor. Ficamos sabendo agora a pouco.

[General Madine] – Muito bem. Senhores, me perdoem, mas tenho assuntos urgentes a tratar. Não irá demorar, então por favor, sintam-se à vontade. Quaisquer dúvidas que possuam, podem se dirigir aos dróides que eles os responderão.

O general então se levantou e saiu da sala. Começou a caminhar rapidamente, seguido pelo oficial. Após andar alguns poucos minutos, chegou à pista de pouso que se situava acima da base, pista que o próprio Darth Vader usava para transitar entre a Estrela da Morte em órbita e a base que pertencia aos imperiais há não muito tempo. Madine chegou a tempo de ver uma RM-09 Alliance Shuttle pousando e, junto de um esquadrão de soldados, esperou pacientemente os ocupantes da nave saírem.

O primeiro foi um homem, de quase mesma idade que o general, com barba e cabelo castanho escuro. O mesmo lançou um sorriso amigável ao general e foi caminhando na direção do mesmo. Ao chegar perto de Madine, lhe estendeu a mão, algo que Crix retribuiu, lhe dando um aperto de mão firme, antes de dizer:

[General Madine]
– Carth. Há quanto tempo. Não o vejo já faz dois meses. Fiquei sabendo que virou um figurão entre os políticos. Vi até sua assinatura na Declaração da Nova República.

[Carth Was Besper] – Bom, você não estava lá, então tive que fazer seu trabalho. Mas você não perdeu nada. Lidar com políticos é a mesma droga de sempre.

[General Madine] – Consigo imaginar. E então? O que tem feito?

[Almirante Besper] – Entre brincar de política e atuar como almirante, estive preparando nossas forças para a ofensiva contra o Império. Estamos nos estágios finais, e uma das frotas partirá daqui. E você? Por que lhe designaram para esse buraco?

[General Madine] – Bem, depois de Yavin, ficamos sem um centro de treinamento apropriado para nossas Forças Especiais. Estou montando aqui uma base avançada que servirá como entreposto para os ewoks, posto militar e centro de treinamento. Já estão nos estágios finais, e logo sairei daqui. E o que o herói de Endor está fazendo aqui?

Ambos caminhavam pela base enquanto conversavam. Porém, quando o general dirigiu sua última pergunta a Carth, ambos pararam. O almirante notara na voz de Madine que ele já sabia a resposta para a pergunta que acabara de fazer. Após analisá-lo por alguns breves segundos, o almirante voltou a falar:

[Almirante Besper]
– Bem, é difícil de explicar, mas foi encontrado um objeto em Mon Calamari, que nossos especialistas julgam ser de origem jedi. Não sei porque, mas acredito que esse objeto irá nos ajudar imensamente na luta contra o império. Porém, aparentemente, só um jedi pode usá-lo. Como aqui é o local de descanso do último jedi que nós temos notícia, achei que poderia encontrar alguma resposta aqui.

Ambos pararam de caminhar novamente, desta vez por impulso do general. Ele analisa o almirante, assim como o mesmo fizera para Crix há apenas alguns momentos. Madine então dispensa os soldados e oficiais que seguiam a dupla, e então sinalizou com a cabeça para que Carth continuasse o acompanhando. Com a voz baixa, ele diz:

[General Madine]
– Olha, não sei se você acredita na Força, mas você apareceu aqui em um momento extremamente atípico. Nossas escoltas localizaram dois jedi em uma gruta não muito longe daqui, há apenas alguns cliques. Não sei como nos escapou antes, mas ambos alegam serem jedi. Estamos indo nos encontrar com eles neste exato momento.

Carth olhava para o amigo, sem acreditar muito no que o mesmo dizia, mas continuou seguindo-o. Após alguns minutos caminhando, chegaram à porta da sala. Ambos se entreolharam, antes de entrarem. Madine foi primeiro, e, olhando para os dois jedi, disse:

[General Madine]
– Senhores, este comigo é o Almirante Carth Was Besper. Ele veio, ao que parece, para encontrar vocês.

Besper, após adentrar a sala, observava os dois homens que se proclamavam jedi. Um se parecia mais com os guerreiros ao qual vira nas Guerras Clônicas, quando ainda era uma criança, a mais de 25 anos. O outro se assemelhava mais a um andarilho. Porém, já ouvira história de jedi reclusos, que renunciavam qualquer contato com a civilização e, dada a situação que o Império tratava os jedi e seus similares, conseguiu imaginar a situação do pobre homem.

Porém, não se demonstrou nem um pouco amigável quanto Madine. Apenas se sentou na mesa e, encarando os dois cavaleiros, não escondeu sua antipatia aos mesmos quando disse:

[Almirante Besper]
– Senhores, ambos estão sob custódia da Nova República. Não são prisioneiros, mas peço que não saiam antes de responderem às perguntas que eu e o general Madine iremos fazer. Começando pelo básico, como vieram parar aqui em Endor, o local mais fatídico e importante desde a formação de nossa Aliança para a Restauração da República?

Carth continuava olhando de um para o outro, esperando a resposta de cada um.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qua Set 13, 2017 9:18 pm

Stark observou a saída do General Madine com paciência. Não era lá um homem muito curioso, aliás, jamais pensaria que a chamada urgente teria algo a ver com os Jedi. Ficou sentado na sua poltrona, e o olhar fixo no chão daquela sala, enquanto pensava sobre várias coisas. Não estava interessado em olhar pela janela e ficar encarando o mesmo céu e as mesmas árvores que vêm encarando há quase 20 anos. Agora que tudo estava se desenrolando de maneira diferente, ele percebeu que estava absolutamente enjoado de Endor. Não suportava mais Ewok, Yuzzum, mato, peixe, rio nem nada. Talvez em todos esses anos ele tenha vivido num estado mais ou menos de transe para aguentar essa vida de exílio. Ele era um homem muito rotineiro, quieto, calmo e simples, mas aguentar tudo isso sem a ajuda da Força provavelmente não teria sido possível - talvez, sem a Força, tivesse perdido a sanidade.

Se levantou quando o Almirante Besper foi apresentado e fez uma breve reverência, como havia feito a Madine. Não se surpreendeu nenhum pouco com a declaração de custódia - isso devia ser muito protocolar, ainda mais em tempos como esse. E, prontamente, respondeu a Besper.

[Stark] Como eu disse ao General Madine, senhor Almirante: eu estou exilado aqui em Endor desde que a Ordem 66 foi dada. Exilado, evidentemente, por causa da perseguição imperial. O meu conhecimento sobre rebelião, Nova República, outros Jedi (fora Thimo Vzhul) é nulo.

E assim aguardou as reações e aguardou que Thimo também respondesse à pergunta do Almirante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sex Set 15, 2017 8:39 am

*Thimo escutou a ultima afirmação do Almirante, a qual vinha acompanhada de um pequeno interrogatório, não estava com muita paciência para dar muitas explicações então falou:*

-Poupe-nos de desconfianças, Almirante. Lembre-se que se quiséssemos uns aos outros mortos, essa sala já estaria uma total carnificina. *Pegou seus dois sabres desativados e os depositou em uma mesa à vista dos convidados.* - Se quiser pode ficar com eles, não me importo, não vim aqui para matar ou ameaçar ninguém. *Percebe por um segundo o silêncio e a atenção dos demais e continua* - Vim aqui porque a Força falou comigo e por meio do Mestre Yoda, soube como localizar meu amigo Stark, daí fui a sua procura. Jamais tive intenção de me juntar a rebelião, afinal não sou um soldado, e sim um guardião da paz. Quando Luke Skywalker estava vivo, o conheci meses antes da batalha decisiva, ele conseguiu minha amizade e me convidou a se juntar a sua rebelião. Eu neguei, até porque presenciei o fim das guerras clônicas quando eu era um Padawan e sei o que uma guerra faz e como nos transforma. Mas mesmo assim o ajudei em um outra situação onde a emboscada do império era iminente. *Faz uma pequena pausa e retoma* -Talvez você esteja se perguntando qual é então o meu interesse em ajudar a rebelião visto que produzo uma apologia à não violência. É simples! Eu luto contra o lado sombrio da Força e seus adeptos. Visto que Vader e o Imperador foram destruídos, sigo a Força e as revelações que ela tem me feito.

*Thimo suspira e continua.*

- Estou demasiado cansado para políticas tolas e sem sentido. Lembre-se que foram vocês que nos acharam, não fomos nós que procuramos por vocês. Portanto, não se ache no direito de nos conter. A menos que você seja um Mestre Jedi e entenda toda a nossa doutrina, não terá poder em nos obrigar a cooperar em nenhum intento que vocês, essa sua "nova República", tenha. Ajudei o Skywalker apenas por uma razão: mestre Yoda. Se quiser me conter de alguma maneira, saiba que não irei reagir, mas repito, não tenho a intenção de ajuda-los.

*Thimo estava amargurado com tanta guerra e morte, levava muito a sério os ensinamentos Jedi para ficar barganhando com políticos e soldados. Achava que,  somente se um Mestre Jedi remanescente ou se o lado sombrio se manifestasse novamente é que tomaria atitudes com mais sentido. De fato, ele havia achado Stark, mas a Força o incomodava a buscar algo mais que ele sozinho não conseguia discernir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Almirante da Nova República
Almirante da Nova República
avatar

Mensagens : 28
Data de Inscrição : 18/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sab Set 16, 2017 12:02 am

O almirante apenas escutou o que ambos tinham a dizer em silêncio. Tinha muita ciência do perigo que representavam, pois vira a destruição que causaram em seu planeta natal durante as Guerras Clônicas. Porém, também tinha a plena ciência de que não eram imortais, e bastava apenas um grupo de soldados ou dróides para eliminá-los, como realmente aconteceu diversas vezes durante as Guerras Clônicas e a Ordem 66. Após ambos terminarem de falar, olhou para Thimo e disse:

[Almirante Besper]
– Cuidado, jedi. Você pode nos matar, mas há mais de uma centena de soldados aqui, sem contar com nossos aliados ewoks na floresta. Vi Jedi morrerem nas Guerras Clônicas, antes e depois de tentarem um golpe de estado contra Palpatine, e não pense que seu destino possa ser diferente do deles.

Obviamente estava mentindo. Além das gravações que vira do Templo Jedi sendo destruído, e os poucos arquivos confidenciais ao qual obteve acesso, era a primeira vez que se encontrara com algum jedi. Porém, eles não precisavam saber disso. Deu uma leve pausa, apenas o bastante para perceber que Madine já começara a demonstrar certa apreensão, quando decide retribuir com um sorriso cínico aos cavaleiros. Não gostava deles, mas precisava que colaborassem antes de continuar:

[Almirante Besper]
– Bem, não precisamos ser inimigos aqui. Vocês, por enquanto, não nos causaram nenhum mal, e não temos a intenção de lhes machucar. Também não temos a intenção de recrutá-los à Nova República, mas confesso que precisarei de sua ajuda.

O almirante então pegou um comlink de seu cinto, o ativou e disse ao comunicador:

[Almirante Besper]
– Estou em uma sala de interrogatório com o general Crix Madine na ala B. Tragam o objeto, por favor.

Guardou o comlink e então se voltou para os cavaleiros jedi novamente:

[Almirante Besper]
– Nós encontramos um objeto que acreditamos ser de origem jedi. É um cubo que emite um leve brilho azulado, e confesso que senti algo estranho quando o segurei. Por algum motivo que desconheço, acredito que ele seja essencial para a derrocada do Império, e a prevalência da Nova República. Porém, não conseguimos descobrir o que é exatamente o objeto, e suponho que apenas um jedi pode. Se realmente são jedi, nos ajude a decifrar o que esse cubo faz e o que há dentro dele, que considerarei entrega-lo a vocês, e talvez até lhes arranjar uma maneira de sair desta lua.

Apenas poucos segundos após terminar de falar, um soldado carregando uma maleta cinza-prateado adentrou na sala, colocou-a na mesa, logo à frente de Carth, e saiu. O almirante abriu a maleta, e então a virou na direção dos jedi, lhes revelando um holocron. Empurrou a maleta para o lado da mesa próximo aos dois, e fez um sinal com a cabeça, lhes permitindo pegar o estranho objeto.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Dom Set 17, 2017 3:12 pm

Stark escutou o Almirante e estava começando a achá-lo mal-educado demais para o seu gosto. "Se realmente são jedi,...", e o que seriam? Teriam sabres de luz por que? Mas o Cavaleiro era paciente, mesmo diante de tamanha desconfiança. É claro que estava acostumado a inspirar confiança nas pessoas, afinal, era um Jedi, e na época da República as pessoas confiavam nos Jedi. Até mesmo durante a opressão imperial - agora, aparentemente, finalizada. Mas não viveu muito disso, não interagiu muito com outras pessoas durante a era do Império.

Observou o soldado trazendo a maleta para dentro da sala. Estava, de fato, curioso. Quando Besper virou a maleta aberta para eles e a empurrou para mais perto, Stark se inclinou na sua poltrona em direção ao objeto com um olhar de muita surpresa e curiosidade.

[Stark] ... isso é um holocron.

Olhou para Thimo e depois tomou, devagar, o objeto em mãos, enquanto esperava que algo acontecesse. Talvez um pouco inconvenientemente, antes de responder qualquer dúvida que o Almirante teria, ele fechou os olhos e se concentrou¹ na Força para poder abrir o holocron e revelar-lhe os segredos. Se concentrar e meditar têm sido sua principal atividade nos últimos 19 anos. Abrir o holocron deveria ser muito simples... mas estava apreensivo quanto ao seu conteúdo.

¹Concentration
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CENÁRIO VIVO

avatar

Mensagens : 13
Data de Inscrição : 31/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Dom Set 17, 2017 3:51 pm

Ao se concentrar na Força, o cavaleiro jedi foi capaz de abrir o holocron. Os pedaços das bordas pontudas do cubo se separaram do corpo principal, levitando em volta do objeto, enquanto este começava a emitir um brilho azul intenso. Em seguida, o holograma de um homem de barba e cabelos castanhos e olhos muito azuis, vestido de um robe jedi, aparece logo acima do holocron. Os dois jedi não o reconheceram de imediato, mas não podiam negar que o homem compartilhava algumas semelhanças com o antigo membro do Conselho Jedi, Obi-Wan Kenobi. O homem olhava fixamente para Stark, que abrira o holocron. Após poucos segundos de silêncio, ele diz:

- Aqui é o Mestre Jedi Thy-Go Kenobi... Sinto informar que a nossa Ordem Jedi e a República caíram, com a sombra do Império tomando seu lugar... Essa é uma mensagem e um aviso e uma lembrança para todos os Jedi sobreviventes... Confiem na Força... Não retornem ao Templo, este tempo ja passou e  o nosso futuro é incerto... Seremos todos postos a prova... Nossa confiança, nossa fé, nossas amizades... Mas devemos perseverar... e com o tempo uma nova esperança surgirá... E quando ela surgir, nos uniremos novamente no planeta do Primeiro Templo Jedi... Que a Força esteja com vocês.

Os pedaços que se separaram do holocron começaram a retornar ao objeto, e ele foi brilhando cada vez menos, até voltar ao seu brilho azulado normal.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qua Set 20, 2017 10:03 am

*Thimo viu o objeto nas mãos do Almirante e ficou perplexo. Já havia estudado muito sobre holocrons, mas nunca ficou frente a frente com um. Assim que o viu, acenou para Stark com a cabeça assim que ele o encarou com o mesmo ar de curiosidade que Thimo estava. Depois de ver bem a mensagem, Thimo parou e ficou pensativo. A voz que escutara nos sonhos era semelhante a aquela que falava no holocron. Porém não tinha certeza de que se tratava da mesma pessoa. Olhou para o Almirante e perguntou muito mais sério e objetivamente que antes.*

- Onde vocês conseguiram esse holocron?

*A pergunta poderia soar estranha num momento daqueles, mas Vzhul estava começando a planejar algo em sua cabeça. Algo que o enchia de esperança.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Almirante da Nova República
Almirante da Nova República
avatar

Mensagens : 28
Data de Inscrição : 18/08/2017

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qua Set 20, 2017 11:26 pm

Carth e Crix não esconderam sua surpresa quando Stark ativou o holocron. Carth conseguiu sentir uma ligeira mudança no ambiente quando abrira a maleta e revelara o dispositivo aos jedi. Porém, após ser ativado, essa mudança era mais intensa. Era como se o próprio ambiente tivesse ficado mais leve. Os Jedi pareceram não se importam, e Carth supôs que já estavam acostumados com aquilo. Observando o holocron, ouviu a mensagem do mestre Jedi com atenção. Porém, o dispositivo se desativou assim que terminou, e voltou ao seu estado original.

Ficou em um ligeiro estado de torpor, até Thimo lhe fazer uma pergunta. Esquecendo por um momento que ambos eram Jedi (e, por consequência, deixando sua antipatia a ambos de lado), respondeu com a voz séria:

[Almirante Besper]
- Encontramos esse dispositivo em Mon Calamari. Sabemos que é antigo, mas temos muitas razões para acreditar que foi plantado no planeta.

Então, se lembrou da identidade de ambos, e sua antipatia aos mesmos voltou. Deu um olhar de relance para o general Madine, que entendeu o recado, lhe lançando um aceno com a cabeça e, em seguida, sair da sala. Se voltou para os Jedi, mas dessa vez tentou deixar sua clara repulsa a ambos de lado, já que precisava da ajuda deles. Com o rosto e voz séria, continuou:

[Almirante Besper]
- Eu acredito que os senhores saibam a localização desse Primeiro Templo Jedi. Duvido que tenhamos uma informação dessa na nossa base de dados, já que o Império fez de tudo para apagar qualquer vestígio da Ordem Jedi. Talvez o Templo nem esteja mais lá, até onde sabemos. Ouso perguntar aos senhores qual será seu próximo curso de ação?

Mesmo sério, era possível perceber um relance de curiosidade no rosto do almirante, que encarava a dupla à espera de uma resposta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J. Stark
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 58
Data de Inscrição : 09/04/2011
Idade : 44
Localização : Endor.

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Qui Set 21, 2017 11:44 pm

Ouviu a mensagem do holocron muito surpreso e atento. Ao final desta, recolocou o objeto em cima da mesa. Reconhecia aquela figura que havia conhecido primeiramente no tempo das Guerras Clônicas. Era um Mestre Jedi de clara sapiência, que o havia orientado em algumas questões pertinentes naqueles tempos belicosos que já haviam passado. Plo Koon - mestre que treinou Stark - nem sempre estava disponível, e era a Kenobi que ele recorria. Ao final da fala do Almirante, ele se manifestou, ainda bastante introspectivo.

[Stark] Eu conhecia este Mestre Thy-Go Kenobi. Já conversamos por algumas vezes, ele me ajudou a resolver algumas coisas, ainda na época das Guerras Clônicas... bom, o Primeiro Templo Jedi, que eu saiba, fica em Ossus. Deve estar em ruínas, no mínimo.

Havia aprendido a localização do Primeiro Templo nas aulas de história, há muito tempo. Não fez nenhum esforço para se lembrar disso. A memória do Cavaleiro era excelente, principalmente nas coisas pertinentes à Ordem Jedi. Recostou-se na sua poltrona e começou a "coçar" a barba, pensativo. Será que Thy-Go estaria exilado em Ossus?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thimo Vzhul
Cavaleiro(a) Jedi
Cavaleiro(a) Jedi
avatar

Mensagens : 15
Data de Inscrição : 27/08/2017
Idade : 28
Localização : n/a

MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   Sex Set 22, 2017 9:20 am

*Thimo estava indiferente quanto a aspereza e a desconfiança com que ele e seu amigo ali eram tratados, afinal, entendia que nem todos  haviam recebido treinamento na força tal qual ele e stark obtiveram. Vzhul atenta ao segundo em comando naquela sala e responde-lhe:3

- Se há algum Jedi sobrevivente, nós o encontraremos. Não conheci muito esse mestre, mas sua voz me é familiar *falando acerca das vozes que andava escutando* - Stark, você conhece a localização do antigo templo, será de grandiosa ajuda para encontrarmos respostas mais concretas.

*Voltando novamente a falar com Crix, Thimo concluiu.*

- Se quiser mais respostas, esqueça um pouco qualquer desconfiança e nos ajude, o único que poderá lhe falar mais acerca dos Jedi e ajudar na consolidação plena da Nova República talvez se encontre em Ossus.

*Thimo o encarava e em nenhum momento havia sentado. Diferente de seu colega ele permaneceu de pé e de braços cruzados o tempo todo, pelo menos até o momento em que lhe mostraram o holocron. Estava agora com uma feição de alguém que descobrira algo importante e urgente, precisava de uma definição.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Florestas de Endor   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Florestas de Endor
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Star Wars: Legends of The Force :: PLANETAS - NOVA REPÚBLICA :: Endor-
Ir para: